CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sábado, 26 de março de 2011

Senac realiza palestra sobre Língua Portuguesa e Literatura de Cordel (Mossoró RN)

          O Ser­vi­ço Na­cio­nal de Apren­di­za­gem Co­mer­cial (Senac) vai rea­li­zar na terça-feira, 29, pa­les­tra sobre um tema cul­tu­ral: Lín­gua Por­tu­gue­sa e Li­te­ra­tu­ra de Cor­del, que vai con­tar com a pre­sen­ça do poeta An­tô­nio Fran­cis­co.
          O even­to faz parte da dis­ci­pli­na Por­tu­guês do curso de Téc­ni­cos de Se­gu­ran­ça do Tra­ba­lho, mas a apre­sen­ta­ção é aber­ta ao pú­bli­co. Será às 19h30, na sede do Senac em Mos­so­ró.
           "É uma apre­sen­ta­ção vol­ta­da para o con­teú­do da dis­ci­pli­na, mas aber­ta ao pú­bli­co. Mui­tos acham que esse tipo de dis­ci­pli­na é sem graça, por isso ofe­re­ce­mos um pro­ces­so di­fe­ren­cia­do", diz o ge­ren­te do Senac Mos­so­ró, Glau­co Car­va­lho.
          Ele afir­ma que o Senac, ape­sar de ser co­nhe­ci­do pelos seus cur­sos téc­ni­cos, pre­ten­de con­tri­buir com de­ba­tes so­cio­cul­tuais tam­bém. A apre­sen­ta­ção, uma de mui­tas que irão ocor­rer, é a prova disso.
          Em abril, o Senac vai abrir mais um lote de cur­sos para este se­mes­tre. Ou­tras tur­mas de Téc­ni­cos de Se­gu­ran­ça e de Au­xi­liar de Ad­mi­nis­tra­ção estão entre as mais con­cor­ri­das.

Fonte: www.correiodatarde.com.br

Imagem: www.ablc.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário