CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quarta-feira, 30 de março de 2011

Cordel Ortográfico

           A TV Brasil divulga, nos intervalos de sua programação, as novas regras ortográficas em forma de literatura de cordel. Os repentistas cantam em versos como utilizar corretamente o hífen, os acentos agudos ou circunflexos, o trema...

          Veja abaixo como o cordelista Donzílio Oliveira explicou o uso do hífen em versos cantados por Chico de Assis.

 

          Para ver mais do Cordel Ortográfico, visite o canal da TV Brasil no YouTube.

Fonte: Blog Povo do Riso: povodoriso.blogspot.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário