CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

terça-feira, 22 de março de 2011

LIVRO RETRATO DO BRASIL EM CORDEL

Descrição
          Escrito por Mark J. Curran, um dos maiores especialistas no gênero, este livro aborda diversos temas presentes na Literatura de Cordel como, religião e religiosidade popular; o comportamento moral consequente; os ideais heróicos dos protagonistas dos poemas; os problemas que a população enfrenta há séculos e suas soluções; as distrações e diversões populares; os principais acontecimentos do exterior que afetaram o Brasil e os brasileiros; entre outros. O retrato do Brasil oferecido pelo cordel é profundamente moral, derivado da tradição católica medieval, em que o embate entre o Bem e o Mal ocupa lugar de destaque. É um retrato não-oficial do Brasil, múltiplo e cheio de matizes, como o próprio país e seus habitantes.
Sobre o autor
          Mark J. Curran é professor aposentado de língua portuguesa e estudos brasileiros da Arizona State University. Escreveu vários livros sobre literatura de cordel, como História do Brasil em Cordel (EDUSP, 1998), além de dezenas de artigos sobre o tema, publicados em revistas científicas.

Fonte: 30porcento.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário