CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sexta-feira, 11 de março de 2011

Campanha apela para cordel e vídeo impactante sobre crack (no Piauí)

O governador disse que gostou de todas as peças e que tinha lhe impressionado com o cordel.

          A literatura de Cordel é um dos instrumentos que será usada na campanha para alertar as famílias para o perigo do crack. Nesta sexta-feira (11), o governador Wilson Martins (PSB) lançou oficialmente a campanha que será colocada na rua, nos bairros, escolas públicas e privadas e nas igrejas.

Fotos: Thiago Amaral


          Outra peça que chamou atenção foi o vídeo da campanha. As imagens são chocantes e alerta para as mortes pelo uso do crack. O folder mostra uma fotografia de um rapaz em meio a lixos e coberto por um papelão.

          O governador disse que gostou de todas as peças e que tinha lhe impressionado com o cordel e leu duas estrofes de autoria de Pedro Costa.

“Toda droga é uma droga
Ela contém heroína
O uso dela contínuo
Dar um mau estar e mofina
Seja bebidas ou maconha,
Fumo crack e cocaína”

“Provoca uma depressão.
Uma intensa dependência,
Ilusões, perseguições,
Uma perda de aparência,
Destruição dos neurônios
E perda de consciência.”

Flash Yala Sena
yalasena@cidadeverde.com

Fonte: www.cidadeverde.com

Um comentário:

  1. Olá blogueiro (a),
    O consumo de crack aumentou e é preciso a união de todos no combate contra a droga. O crack traz malefícios ao usuário, família e sociedade e atinge a todos independentemente do sexo, cor e classe social.
    Divulgue mais informações sobre o crack: http://bit.ly/bDGqGz
    Conheça os CAPS que estão espalhados em vários lugares do país para prestar auxílio aos dependentes: http://migre.me/2qkFl
    Siga-nos no Twitter: www.twitter.com/minsaude
    Mais informações: comunicacao@saude.gov.br
    Obrigado,
    Ministério da Saúde

    ResponderExcluir