CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Garanhuns realiza a 1ª Feira e Exposição de Literatura de Cordel

Fonte: ne10.uol.com.br

50b818330d13d76b182fd0ec1eca17e5.jpg

O objetivo é divulgar a literatura de cordel

A partir desta sexta-feira (26) Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, abre espaço para a cultura popular. A cidade vai realizar a 1ª Feira e Exposição de Literatura de Cordel. O evento é  idealizado pelo poeta e cordelista Bispo e realizado por Luiz Gonzaga de Lima, mais conhecido na cidade como Gonzaga de Garanhuns.

O objetivo do evento é divulgar  a literatura de Cordel junto a população do município. A 1ª Feira  e Exposição de Literatura de Cordel vai ser realizada no Largo do Colunata a partir das 9h. A entrada é gratuita.

Nenhum comentário:

Postar um comentário