CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sexta-feira, 17 de maio de 2013

LITERATURA FONTE DE INSPIRAÇÃO – PROJETO CORDEL - MACEIÓ




Projeto Literatura de Cordel - NOTURNO EJA
ESTADO DE ALAGOAS
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO E DO ESPORTE
14ª COORDENADORIA REGIONAL DE EDUCAÇÃO
ESCOLA ESTADUAL GERALDO MELO DOS SANTOSRua G1, Qd. J6, s/n – Conj. Residencial Graciliano Ramos
 Tabuleiro do Martins – Maceió/AL
CNPJ: 06.522.998/001-70 - Fone: 3315 -7940

LITERATURA FONTE DE INSPIRAÇÃO – 2013

TEMA: Literatura de Cordel, cultura popular nordestina.

OBJETIVO GERAL: Compreender e reconhecer a função social do gênero cordel, bem como suas características básicas através de práticas de leitura, produção e análise lingüística reconhecendo sua importância na cultura popular.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
-Despertar o gosto e o desejo pela leitura;
-Compreender o contexto de produção próprio da literatura de cordel e reconhecer em exemplares do gênero a estrutura básica de uma composição poética (tema abordado, organização espacial das palavras, verso, estrofe, rima, ritmo, métrica);
-Interpretar recursos lingüísticos empregados em textos poéticos dos gêneros, em especial a rima;
-Criar coletivamente um poema de cordel, produzindo um folheto ilustrado e apresentando-o oralmente para outras turmas da escola.

JUSTIFICATIVA: A literatura de Cordel nas escolas não é muito conhecida nem explorada, pois a mesma é vista de forma avessa pelos alunos, não trazem consigo o sabor de que “Literatura é vida, é arte” devido essa percepção a respeito da falta de divulgação e conhecimento sobre literatura de cordel nas salas de aula, tornou-se necessário que os alunos conheçam a riqueza que existe nos versos da literatura de cordel para que possam produzi textos, enriquecer como leitor e conhecer uma das mais ricas manifestações da língua.

TURMAS PARTICIPANTESTodas as turmas do Ensino fundamental e do ensino médio EJA do turno noturno da Escola Estadual Geraldo Melo dos Santos.

INSCRIÇÕES: Cada turma deverá fazer sua inscrição com seus representantes de turmas que deverá oficializá-la na coordenada de 8 a 10 de maio.
OBS. Só receberão a devida pontuação os alunos devidamente inscritos no prazo estipulado.

PONTUAÇÃO: Instrumento avaliativo de 0 a 25 pontos para todas as disciplinas do semestre de 2013.
SENDO: -Criação do cordel por turma – 5 pontos
-Trabalho digitado ou documentário – 5 pontos
-Painel Ilustrativo (padronizado com 2 folhas de papel 40Kg.) - 5 pontos
-Criação e apresentação da Métrica (peleja) – 5 pontos
-Apresentação teatral do cordel lido – 5 pontos

OBS. O aluno que não fizer sua inscrição receberá nota “0” no projeto sem direito a reposição.

ETAPAS DO PROJETO

Para atingir os objetivos e metodologia empregada, segue uma linha de ações que pode ser:
1-LANÇAMENTO DO PROJETO- Um professor (a) irá ficar como orientador de cada turma, onde o mesmo fará o acompanhamento, usando metodologias aplicáveis a sua disciplina e fazer a avaliação do projeto.

2-PESQUISANDO E CONHECENDO A LITERATURA DE CORDEL

Ensino fundamental - Cada turma deverá elaborar um trabalho digitado sobre a história, surgimento e principais características da literatura de cordel, assim como fazer um painel fotográfico de acordo com o assunto abordado. O trabalho deverá ser bem elaborado, com todos os requisitos de um trabalho escolar, podendo a turma a fazer sua exposição com tudo encontrado sobre a literatura de Cordel.

Ensino médio – Cada turma deverá elaborar um documentário onde deverá conter imagens, fotos, textos sobre a história, surgimento e principais características da literatura de cordel. O trabalho deverá ser bem elaborado, com todos os requisitos de um trabalho escolar. Sugestões:painel ilustrativo (Padronizado em duas folhas de papel 40Kg), jornal impresso, painel fotográfico etc.

3-CRIAÇÕES

-Cada turma receberá um cordel, onde deverá ser trabalhado em sala de aula com seu professor orientador, montando uma pequena apresentação de no máximo 10 min. narrando o cordel lido em forma de encenação teatral.
-Cada turma deverá criar um livro de cordel com temas da nossa atualidade para fazer uma pequena exposição junto com o trabalho digitado e o documentário.
-Cada turma deverá criar uma métrica (Mais conhecido como peleja) onde dois alunos (as) deverão apresentar sua peleja para as demais turmas.
-Cada turma deverá fazer uma xilogravura (Arte de esculpir) de acordo com o cordel que irá apresentar. (como fazer no final do projeto).

4-DATAS DE REALIZAÇÕES

-Inscrições: de 08 a 10 de maio na coordenação.

.Um responsável da turma ficará com a lista de sala para inscrição oficial na coordenação até dia 10.

-abertura e exposição de produção: 10 de junho.

.Neste dia o aluno irá expor em local ainda a ser definido na escola as produções elaboradas como: -O cordel criados pela turma.
-O trabalho digitado ou documentário.
-O painel fotográfico e ilustrativo.
-Expor a xilogravura criada.



-culminância final(APRESENTAÇÔES): 11 de junho.

.Cada turma irá apresentar uma peleja de acordo com a literatura de Cordel.
.Cada turma irá apresentar o Cordel sugerido em forma de mini teatro contando a literatura lida.


ATIVIDADES

1)Exposição.

2)Apresentação da peleja.

3)Apresentação teatral.

INSTRUÇÕES GERAIS

1-os alunos deverão fazer sua inscrição com um representante que deverá oficializar na coordenação.
2-A turma não poderá trocar a obra sorteada.
3-A apresentação deverá ser direcionada para a obra sorteada dando ênfase ao compromisso (deveres) dos alunos para com a Escola Geraldo melo e o respeito pelo outro.
4-A turma deverá ser criativa com o teatro a ser apresentado.



Boa sorte!
Fonte: Blog Escola Geraldo Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário