CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

ZÉ WALTER LANÇA CORDEL “A MILAGROSA”

Entre as muitas artes do catingueiro nordestino está à literatura de cordel, que é a expressão cultural em rimas e prosas de tudo aquilo que se vê no dia a dia. Criador de muitos textos dessa arte, o sociólogo, advogado e cordelista, José Walter Pires, durante suas andanças, se deparou com “A Milagrosa”, a farmácia homeopática a base de raízes, dita pelo seu proprietário como “a solução para depois dos sessenta para quem está na impotência”. Com tantas promessas de quase tudo curar, e com tantas prosas hilárias, pois o local se tornou ponto de encontro para uma boa resenha, o olhar rimador do professor o induziu recheado de inspiração a anotar em seu cordel o dia a dia da ‘Milagrosa’. “Foi uma coisa que surgiu, pela força das andanças, e aquele que ainda não passou pela milagrosa ainda irá passar. Tive o privilégio de encontrar aqui no meio da feira, esse Oasis da nossa caatinga e resolvi com a ajuda do Luciano catalogar através dos versos de cordel a força das raízes que promete de tudo curar. E estou feliz de estar aqui hoje lançado ao público o resultado final desse cordel”, declarou Zé Walter, ao Brumado Notícias. O lançamento do cordel ‘A Milagrosa’, aconteceu no último sábado (24) e a quitanda das raízes curandeiros servirá de ponto de apoio da cultura de cordel no mercado municipal. “É uma emoção sem tamanho poder contar com os cordéis do Zé na ‘Milagrosa’. Aqui agora é assim, o cabra chega doente e triste, e volta curado e sorrindo”, narrou Luciano de Almeida, o quitandeiro das raízes, que promete que há cura até para dor de chifre.

DSC07755         DSC07754
 DSC07741

Fonte: www.brumadonoticias.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário