CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quinta-feira, 22 de setembro de 2011

Vencedor do V Prêmio Cosern de Literatura de Cordel é aluno do Campus (IFRN) João Câmara - RN

2º lugar na categoria ensino médio também ficou com aluno do Campus

Vencedor do V Prêmio Cosern de Literatura de Cordel é aluno do Campus João Câmara

Livanildo Oliveira

Livanildo Oliveira, aluno do 5º período do curso de Informática na modalidade EJA, ficou em 1º lugar no concurso de literatura de cordel, promovido pela Cosern, que teve como tema “Vida é energia”.

O resultado será divulgado oficialmente nesta quinta-feira (22), em Caicó, durante a Feira do Livro do Seridó. Livanildo já participara do concurso em 2009, quando ficou em quarto lugar. Este ano, porém, sagrou-se vencedor da categoria ensino médio, para a qual concorreu com alunos de todo o estado do Rio Grande do Norte.

“Fiquei muito feliz com a premiação, que representa a valorização do meu trabalho. Com este, já são 7 cordéis que eu produzo -  um trabalho que começou em 2009, quando escrevi meu primeiro folheto, intitulado Um caboclo vencedor, através do qual conto minha história de vida.

O segundo lugar na categoria ensino médio também ficou com um aluno do Campus João Câmara – José Felipe, do 2º ano B, do curso técnico integrado em Informática. Ele concorreu com o cordel  “Viver sem energia não dá”.

O professor de Língua Portuguesa e Literatura Brasileira, Milson Santos, que desenvolveu o projeto Cordel no Campus em 2009 com os alunos da EJA também manifestou sua satisfação com a premiação de Livanildo e Felipe. ”Sinto-me como se também tivesse ganhado o prêmio, pois incentivei os alunos a participarem do concurso, que tem como objetivo estimular a leitura e a produção textual, no caso a  produção de um gênero da esfera literária da comunicação, como forma de contribuir com a valorização desta importante expressão da cultura popular, que eu tanto prezo e procuro divulgar. A vitória dos meus alunos é a minha vitória também. Eles estão de parabéns”, destacou o professor.

Os participantes do concurso podiam inscrever-se em uma das três categorias: ensino fundamental, ensino médio e categoria livre, sendo esta aberta a qualquer pessoa que quisesse concorrer. O prêmio para cada categoria é de R$ 1.000,00, além de troféus para os três primeiros colocados. Segundo o regulamento do concurso, os três melhores cordéis de cada categoria serão reunidos em coletânea e publicados pela Comunique Editora.

Fonte: portal.ifrn.edu.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário