CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

segunda-feira, 31 de março de 2014

Poeta Marco Haurélio Lança livro “Doze Trabalhos de Hércules” em cordel

 

Héracles, mais conhecido pelo nome romano Hércules, é filho do soberano dos deuses, Zeus, com a mortal Alcmena, esposa de Anfitrião, rei de Tebas. É, por isso, perseguido por Hera, esposa traída de Zeus, desde o nascimento. Uma condição imposta por Zeus daria ao descendente de Perseu que nascesse primeiro o direito de reinar sobre os tronos de Micenas, Tirinto e Mideia, na Argólida. Hércules e Euristeu, concebidos no mesmo período, eram os descendentes do grande herói vencedor da Medusa. Segundo uma das muitas versões da lenda, Hera, auxiliada por Ilítia, a deusa que presidia aos partos, faz que Euristeu nasça de sete meses, o que não só lhe dá direito ao trono, como também estabelece uma relação senhorial com o filho de Alcmena, que, para se livrar do jugo, terá de realizar 12 trabalhos.

Há, porém, versões controversas quanto ao número de trabalhos realizados por Hércules, bem como sobre seus reais motivos. A tradição mais aceita aponta como causa a tentativa de purificação do herói que, em um acesso de loucura enviado por Hera, ateia fogo na casa em que vivia, matando, sem saber, a esposa, Mégara, e os três filhos. No entanto, uma versão tardia, presente na peça Héracles, de Eurípides, atribui os trabalhos à condição imposta por um tirano, Lico, usurpador do trono de Argos, segundo a qual o herói poderá entrar na cidade, onde sua família estava refugiada, somente após a realização das tarefas.

Os primeiros trabalhos foram realizados no Peloponeso: o Leão de Nemeia, a Hidra de Lerna, o Javali de Erimanto, a Cerva Cerinita, os Pássaros do Lago Estinfalo e os estábulos de Augias. Os seis últimos levaram o herói além dos limites do mundo conhecido (pelos gregos): o Touro de Creta, os Cavalos do tirano Diomedes (Trácia), o cinto de Hipólita, a rainha das Amazonas (Cítia), os Bois do gigante Gerião (Península Ibérica), a captura de Cérbero (Infernos) e As maçãs douradas do país das Hespérides (Ocidente). Ao fim dos trabalhos, purificado, o herói parte para outras aventuras, até o momento em que, despedindo-se da vida, ganha lugar entre as estrelas. É admitido entre os deuses, tornando-se, ele próprio, um deus, cujo culto era muito popular na Grécia Antiga.

Sobre o livro

O livro Os 12 Trabalhos de Hércules (Cortez Editora) é uma releitura das grandes façanhas do herói grego Hércules. É composto por poemas escritos em diferentes modalidades, que ora se aproximam da sátira (o Leão de Nemeia, os estábulos de Augias), ora se rendem ao lirismo das imagens concebidas pelo ilustrador Luciano Tasso (o cinto de Hipólita, as maçãs de ouro das Hespérides). Os feitos de Hércules são recontados em quadras, sextilhas, setilhas, oitavas e décimas com métricas e esquemas de rimas variados.

Esta obra, que dialoga com a literatura de cordel e com outros gêneros poéticos, é prova inconteste de que, livre das amarras, a poesia pode ir além das fronteiras estabelecidas entre o erudito e o popular. Texto e ilustrações podem ser lidos em conjunto ou separadamente, e a ordem dos trabalhos aqui escolhida não implica, necessariamente, a ordem a ser seguida pelo leitor.

Os 12 Trabalhos de Hércules

Autor: Marco Haurélio

Ilustrador: Luciano Tasso

Editor: Amir Piedade

ISBN: 9788524920431 / Editora: Cortez / Edição: 1ª / Acabamento: Brochura / Formato: 20.50x28.00 cm / Páginas: 64

Lançamento

Quando? 12 de abril (sábado), às 15h

Onde? Livraria Cortez, rua Monte Alegre,1074 – Perdizes, São Paulo (SP)

Na ocasião, haverá contação de histórias.

Fonte: Blog Cordel Atemporal

Nenhum comentário:

Postar um comentário