CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Desde escritor renomado/A cordelista sem fama;/Do doutor ao não letrado./Verso, seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Ei, cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso seu folheto seja/Por algum deus desdenhado:/Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.***

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não pertence a coronel./É propriedade do povo:/Rico, pobre, velho, novo/Deliciam-se neste mel.

(Manoel Belizario)

terça-feira, 10 de maio de 2011

Instituto de Bayeux abre inscrições para concurso de Literatura de Cordel

O instituto Geográfico e Histórico de Bayeux (IHGB), em parceria com a Academia Local de Letras, está com as inscrições abertas para primeiro concurso Bayeuxense de Literatura de Cordel, que nessa edição homenageia o professor João Severo da Silva.

As inscrições começaram em fevereiro deste ano e vão até dia 31 de maio, sendo realizadas na sede provisória do IHGB, localizada na Av. Liberdade, 3702, (Sala 7). Mais informações através do contato: (83) 3232-2414.

Para participar do concurso, o calouro literato deve residir na cidade e entregar o folheto com no mínimo 50 estrofes. As obras deverão ser enviadas em um envelope fechado, constando o nome do autor e uma cópia do trabalho. 

O concurso homenageia o professor João Severo da Silva

De acordo com o professor Ariosvaldo Alves, presidente do IHGB e organizador da atividade, o concurso é uma forma importante de difundir a literatura popular, isso, tanto nas escolas como na sociedade em geral. “Agora é o momento certo de realizar o evento, já que a Rede Globo exibe a novela ‘Cordel Encantado’, servindo como uma espécie de incentivo para os jovens participarem, e assim, juntando o útil ao agradável”, explica Ariosvaldo.

A premiação será a confecção de 2.000 exemplares para o primeiro lugar, 1.000 para o segundo e 500 exemplares para o terceiro colocado.

O resultado final da seleção será divulgado em evento que ocorrerá no dia 16 de julho, na sede do Rotary Clube, no bairro do SESI. A data rememora o dia da denominação de Bayeux, sendo a primeira cidade francesa (de mesmo nome) a ser libertada do poder nazista pelos aliados durante a Segunda Guerra Mundial.

Fonte: bayeux1.com

Um comentário:

  1. gostaria de sabercomo adquiri ajuda e patrocinio para publicar literatura de cordel.

    ResponderExcluir