CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quarta-feira, 4 de maio de 2011

Cantora homenageia a literatura de cordel e contagia foliões – Feira de Santana - Bahia

Fonte: feiradesantana.ba.gov.br

           Na última noite de folia da Micareta 2011, o folião foi surpreendido pela cantora feirense Márcia Porto, que este ano homenageou todos os poetas cordelistas de Feira de Santana. No trio, painéis com xilogravuras de Franklin Maxado, muito forró e uma energia contagiante.

            Com o projeto “Forró Folia”, Márcia Porto fez o folião pipoca dançar agarradinho ao som de músicas bastante conhecidas do público forrozeiro, como “Olha o fogo, olha fogaréu”. O hit foi escolhido pela cantora para animar o público na entrada do Corredor da Folia.

           O prefeito Tarcízio Pimenta recebeu da artista uma atenção especial, além de muitos elogios pela festa. “Nosso prefeito e sua equipe de trabalho está de parabéns. Há 18 anos participo dessa festa e esta é a mais organizada e segura que já vi” afirmou.

           Na oportunidade, Márcia Porto, integrante da Ong MovPaz, destacou ainda a importância da Campanha do Desarmamento, que tem o apoio do Governo Municipal. "A Micareta 2011  é uma das mais seguras que Feira de Santana já teve", afirma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário