CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Café Literário aborda etnopoesia na biblioteca nacional

Fonte: Arte e Literatura: angoladigital.net   

            Um Café Literário sobre o tema "Etnopoesia: Teresa Baptista de Jorge Amado e a Literatura de Cordel" será Imagerealizado no dia 12 deste mês, na Biblioteca Nacional, em Luanda, pela Casa de Cultura Brasil-Angola.

           Segundo um documento da Casa de Cultura Brasil-Angola, que a Angop teve acesso, o encontro terá como orador o professor brasileiro, Nelson Cerqueira, da cadeira de Literatura Comparada, da Indiana University.

          De acordo com a nota, a literatura brasileira de origem constitui uma tradição que recua à Idade Média europeia, às cantigas de amor e de maldizer e possui raízes profundas de etnopoesia, uma poesia de tradição oral que desemboca na conhecida literatura de cordel.

          No debate literário, o professor Nelson Cerqueira analisará o romance Teresa Baptista, como um diálogo construtivo entre a Literatura de Cordel, a produção fictícia do romance e a resposta da literatura oralizada do Cordel, na personagem de Jorge Amado.

          Nelson Cerqueira é autor, co-autor, organizador de vários livros em literatura, estética, filosofia, com dezenas de artigos em revistas brasileiras e internacionais.

          A edição do Café de Ideias conta com a colaboração da Biblioteca Nacional de Angola e visa reforçar a relação entre as duas instituições, bem como saudar a semana da cultura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

          O Café Literário faz parte da programação cultural da Casa de Cultura Brasil - Angola e tem como objectivo principal debater sobre a literatura brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário