CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Desde escritor renomado/A cordelista sem fama;/Do doutor ao não letrado./Verso, seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Ei, cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso seu folheto seja/Por algum deus desdenhado:/Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.***

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não pertence a coronel./É propriedade do povo:/Rico, pobre, velho, novo/Deliciam-se neste mel.

(Manoel Belizario)

domingo, 9 de maio de 2010

NOSSO BLOG ESTA SEMANA HOMENAGEIA PATATIVA DO ASSARÉ

      
       A partir de amanhã nosso blog dará início a uma série de homenagens a alguns poetas populares brasileiros. O primeiro nome escolhido foi Patativa do Assaré. Os motivos da escolha é a poesia ímpar desempenhada por um poeta genuíno. Patativa nos presenteou com algumas das mais belas poesias populares de nosso tempo. Convidamos você a viajar esta semana (entre os dias 10 e 15/05)  no universo de um dos maiores ícones brasileiros: Patativa do Assaré. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário