CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

terça-feira, 13 de julho de 2010

REUNIÃO NO CÉU SOBRE A COPA DO MUNDO

VERSO IV

polvo[1] 

Eu vou fazer minha parte
Que é contra o treinador
Do Brasil farei com que
Leve pouco jogador
Bom de bola. Isto ajuda
Ele a ser o perdedor.

Já vocês façam o seguinte,
Sigam os conselhos meus:
Cheguem perto do senhor,
Digam que os votos seus
Sobre a copa é que “a voz
Do povo é a voz de Deus”.

Assim os santos fizeram,
Porém um santinho novo
Fez uma inversão na fala
Ao invés de dizer povo
O danadinho falou
Foi mesmo a palavra polvo.

Por isso um polvo profeta
Deus fez logo aparecer.
O diabo hipnotizou
O polvo pra ele dizer
Somente quem o diabo
Desejasse vir vencer.

Já a parte do Brasil
O diabo acertou em cheio:
Dunga teimoso quenem
Uma mula num rodeio
Levou muito jogador
Ruim para o grande torneio.

Por isso que o Brasil
Jogou feio e muito mal
Perdendo a copa do mundo
Numa quarta de final.
Dunga serviu ao diabo
Por ter um gênio fatal.

Já Paul, o polvo profeta,
Somente por artimanha
Do Cão deixou para trás
Seu país, a Alemanha.
O Cão disse “esta é por Hitler
Me copiar na campanha”.

Já Holanda, disse o diabo,
Também não deve vencer
Porque copiaram a mim
Liberando tudo ao ser
Humano que agora quer
Ir pra lá quando morrer.

Então só sobra a Espanha
Para ser a vencedora.
Não porque ela mereça,
Mas por não ser portadora
De nenhuma desavença
Que a fizesse traidora

Na opinião do Diabo.
E assim vence o torneio.
O Brasil, este, coitado,
Jogou mal e jogou feio,
Até hoje se perguntam
A que foi que o Brasil veio?

Assim que Deus descobriu
A falcatrua do insano
Condenou o pobre polvo
A viver só mais dois anos
Por ele ter sido servo
Do anjo do desengano.

Então todo brasileiro,
Inclusive o Manoel
Belizario, desde já
Vai apelando ao céu
Que não escute o diabo.
Aquele infeliz incréu.

 

Ó céus, vem aí a copa
Próxima, no nosso Brasil.
Deixem os santos de fora.
O diabo e todo covil.
Pois só assim venceremos
E o hexa levantaremos
Com um time nota mil.

copa-2014-logo-fifa[1]

Manoel Messias Belizario Neto

FIM

Fonte imagem: Internet

Um comentário:

  1. A mídia fala em Bruno
    Eliza e gravidez
    Flamengo, orgia e fumo
    -esta é a bola da vez!-
    Tem muito 'especialista'
    Em busca de alguma pista
    Pra ser o herói do mês

    E a história se repetindo
    Mudando apenas o nome
    Outra mulher sucumbindo
    Sob ameaça dum homem
    Uma vida abreviada
    Cuja morte anunciada
    A estatística consome
    (...)

    Leia mais em www.cordelirando.blogspot.com

    ResponderExcluir