CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

domingo, 11 de julho de 2010

REUNIÃO NO CÉU SOBRE A COPA DO MUNDO

ceu 

Verso II

Muitos santos concordaram
Com o apelo de Benedito.
Mas Frei Galvão disse assim:
O torneio é mais bonito
Quando o Brasil leva a taça.
É ou não é, Expedito?

Começa uma discussão
Parecendo o congresso
Ou senado brasileiro
Quando termina o recesso
Ou quando há interesses
No tramitar de um processo.

Teve um santo que pulou
Se eu fosse Deus, bem ligeiro,
Castigava o Brasil
Deixando-o em derradeiro
Para acabar com a história
Que Jesus é brasileiro.

Outra coisa o Brasil
Já foi campeão demais
É melhor outro país
Levar o troféu. Tomás
De Aquino diz parece
Uma obra do Satanás.

Quem deve ganhar é Itália
Disse isso e a confusão
Cresceu generalizada
Enquanto sorria o Cão
Espiando da janela
Aquela reunião.

Manoel Messias Belizario Neto

(continua) 

Imagens da internet

Nenhum comentário:

Postar um comentário