CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sábado, 26 de novembro de 2011

LITERATURA DE CORDEL NO PRAIA SHOPPING – NATAL RN

No início, eles retratavam desde as façanhas do cangaceiro Virgulino Ferreira da Silva, o famoso Lampião, até o suicídio do presidente Getúlio Vargas.
Ao longo dos anos, a literatura de cordel se tornou uma característica histórica da cultura nordestina e, por atingir grande número de exemplares, passou a ajudar na disseminação de hábitos de leitura e na luta contra o analfabetismo.
Afim de compreender essas rimas em folheto, a Potylivros do Praia shopping promove neste sábado (26), o II Encontro Pra Tu Entender um Cordel, com apresentação da Banda C4 e a presença de nomes da literatura, como o Poeta Hegos, Conceição Gama, Rosa Regis e Sirlia Lima.
O evento acontece a partir das 18h, no Praia Shopping, em frente a Potylivros.

Fonte: www.fatorrrh.com.br  via twitter

Nenhum comentário:

Postar um comentário