CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

sábado, 11 de fevereiro de 2012

Carnaval: Salgueiro falará da literatura de cordel

Agremiação promete fazer bonito na passarela do samba na Marquês de Sapucaí

Carnaval: Salgueiro falará da literatura de cordel

DIVULGAÇÃO/ SITE OFICIAL

A escola de samba Acadêmicos do Salgueiro, que é bastante popular, falará da literatura de cordel. Com o enredo “Cordel Branco e Encarnado”, a agremiação transformará em samba essa grande inspiração que vem do cordel, contando a fantástica história de todos os poetas populares do Brasil.
A vermelho-e-branco tem Regina Duran no comando, e Renato Lage e Márcia Lage como carnavalescos. A agremiação será a terceira escola a desfilar no segundo dia de Carnaval do Rio de Janeiro e promete fazer os foliões cantarem e dançarem ao som do samba-enredo.

Reprodução do site: jovempan.uol.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário