CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quarta-feira, 29 de junho de 2011

A MARCHA DO PAU

Por Dalinha Catunda

*

Vou voltar pro Ceará

Enfrentar nova batalha

Vou correr atrás do pau

Lá na festa de Barbalha

*

Vou pegar no pau do Santo

Vou tirar uma lasquinha

Pra fazer meu chá de pau

Ou não me chamo Dalinha.

*

Na terra de cabra macho

Amigo não leve a mal

O desfile que se faz

É no levantar do pau.

*

O pau daqui é de metro

Mas é um pau de respeito

Passar a mão faz milagre

Tomar o chá faz efeito

*

Umas gotinhas deste chá

Já casou muito mulher.

Na cidade de Barbalha ,

Não chega para quem quer.

*

Quero ver Santo Antônio

Atendendo a mulherada

E a bandeira lá no mastro

Pelo vento tremulada.

*

Homens levantando o pau

O mulheril aplaudindo

O foguete comendo solto

E o pau do Santo subindo.

*

Já encomendei um kit

Do santo casamenteiro

Vou vender por um bom preço,

Lá no Rio de Janeiro.

*

Dalinha Catunda

--
Dalinha Catunda
www.cantinhodadalinha.blogspot.com
www.cordeldesaia.blogspot.com

Imagem: jangadeiroonline.com.br

3 comentários:

  1. Amigo Belizário,
    Deixo aqui o meu palpite:
    *
    Também quero emcomendar
    Este precioso kit.
    Nunca fui casamenteira,
    Mas duvido que hesite,
    Na busca de um companheiro.
    No santo casamenteiro
    A minha fé deposite
    Rosário Pinto

    ResponderExcluir
  2. Os versos da Dalinha são aquele tipo de trabalho que cheira a antologia, porque já nasceram prontos. As quadrinhas estão muito inspiradas e cheias de irreverência e malícia. Bom mesmo, parabéns.

    ResponderExcluir
  3. Olá Belizario,
    Obrigada pela postagem de meus versos em seu blog,
    obrigada também a parceira de blog Rosário e o meu amigo Pedro Paulo pelos comentários.
    Meu abraço a todos,
    Dalinha

    ResponderExcluir