CORDEL PARAÍBA


Publicamos neste espaço/Do poeta renomado/Ao escritor não famoso,

Do doutor ao não letrado./Verso seja rico ou pobre,/Aqui todo mundo é nobre/E seu respeito é sagrado.

Cordelista iniciante/Não fique desanimado/Caso tenha seu poema/Por algum deus desdenhado./Todo e qualquer aprendiz/Tem o direito motriz/De compor verso quebrado.

Bem-vindos, peguem carona/Na cadência do cordel,/Cujo dono conhecemos:/Não é nenhum coronel./O cordel pertence ao povo

/Do velho a sair no novo/Saboreiam deste mel.
(Manoel Belizario)

quarta-feira, 28 de março de 2012

ESTE BLOG NÃO ESTÁ INFECTADO

Caros leitores, este blog está sendo notificado nas pesquisas do Google como contendo uma possível ameaça de vírus. Porém o que acontece é que algum site cujo link foi por mim colocado na área de visualização do blog pode estar infectado e desta forma a internet "interpreta" como se o site hospedeiro (no caso este) também estivesse infectado. Mas não está. E para que tal problema seja solucionado, ou seja, para que a internet pare de "acusar" este blog, deletei todos os links de terceiros da área de visualização. Por isso o blog está aparecendo agora neste formato, como se estivesse despido..., mas espero que o problema possa ser solucionado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário